Arquivo | março 2012

Você está navegando os arquivos do site por data.

O amor da pele branca e morena (um poema bissexual)

Vem, beije-me e deixe-me toca-la Vem… toque-me e deixe-me beija-la Sinto no rubor de tua face todo teu tesão Asas… corpo… curvas e seios… Com prazer intenso nos entregamos Quando tu me tocas a vulva e eu teus seios Há… as cores mudam, meus olhos cintilam Tua pele branca estremece em arrepios…

O doce sabor do adultério

Lá estava eu… mais uma vez na correria! Terminei de ministrar uma aula sobre hamartiologia aos alunos do seminário e ainda tinha que correr para chegar antes que terminasse o ensaio do ministério de louvor a fim de poder ouvir e aconselhar uma das moças deste ministério, o qual eu era conselheira. Ela estava passando […]

Uma aula no seminário

Eu estava ali… Bem sentada em sua frente. As aulas no seminário seguiam como sempre, repletas de calorosas discussões. Era quase impossível para a maioria da classe aceitar o que estava sendo ensinado, pois ia de encontro com tudo que haviam aprendido nas escolas dominicais de suas igrejas, e nos sermões dos cultos. E eu […]

Me confessando

Eu pequei. Tinha que confessar-me. Precisava ir à igreja para que pudesse me redimir, estava muito arrependida. Rezava enquanto caminhava apressadamente; ao chegar, antes que pudesse me confessar, ajoelhei-me diante da imagem de Cristo e rezei para que Ele arrancasse de mim toda aquela luxúria e volúpia que invadiam min’alma fazendo-me perder o controle e […]

Eterno versus mortal

Vem! Mas se não quiseres, não precisa; pois vou eu! Não tenho medo de atacar-te… seduzi-lo Faze-lo se sentir único mesmo voce sabendo que não és! Hoje quero voce… só voce… eu anja, voce mortal. Mas em sua reles mortalidade o farei se sentir eterno, Como se fosse um… e em dois, serei com voce um […]