Arquivo | abril 2012

Você está navegando os arquivos do site por data.

Eu prometo

Quero você inteiro pra mim. Se doe, se entregue inteiro. Prometo faze-lo pensar que Sou só tua… e você, Mesmo sabendo que não, Sentirás por breves momentos Que és único, mesmo sem ser.   Anja_Arcanja® Eu prometo de Anja_Ancanja é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil. […]

Beijos línguas e…

  Com meus lábios colados aos seus, Encontro voraz de nossas línguas. Beijo doce, molhado… Beijo quente, salgado… Ofegantes!  Coração acelerado. Molhados de suor, Suor doce, suor salgado, agridoce! Não quero uma nem duas… Te quero sessenta e nove vezes! Sessenta e nove beijos australianos.

Poema nu

Em gritos de nudez fomos feitos. Entre lágrimas de nudez morreremos. No entretanto, o corpo hiberna na condenação ao pudor desejado. Fecha-se como um livro de páginas censuradas. Como uma ilha de ninfas amaldiçoadas, castra-se. Como o medo que se esconde num cálice de fogo gelado. Escrevo-me nua. Tal como este poema. Sou princípio de […]

Vassalo de minhas vontades, rainha dos seus desejos

Hoje te quero por inteiro. Te quero servo de meus desejos, Vassalo de meus caprichos. Escravo de minha vontade…   Minha vontade é tê-lo por inteiro, Ser rainha de teus desejos. Meu capricho, ter você. Leva-lo ao meu céu.

Sessenta e nove vezes… boquilíngua.

Sugar e ser sugado pelo amor  no mesmo instante boca milvalente   o corpo dois em um gozo pleno que não pertence a mim nem te pertence   um gozo de fusão difusa transfusão o lamber o chupar o ser chupado no mesmo espasmo é tudo boca boca boca boca sessenta e nove vezes boquilíngua. […]

Fome e sede de ti

  Esta noite eu quero que me sirvas, Hoje quero saciar minha fome… Fome do teu cheiro, do teu gosto, do teu calor. Hoje quero saciar minha sede… Sede de ti! Lamber teu suor gotejante em meu rosto, Beber de você! Senti-lo derreter de prazer dentro de mim. Sacia minha fome, sacia minha sede… Esta […]

Chocolates, pimentas e anja

Uma anja que vagueia na terra. A procura pelo gosto gostoso dos mortais. Chocolate, pimenta, saliva, suor e sangue, Representam o desejo que tenho…